terça-feira, 11 de agosto de 2009

A Piscina dos Aliados

Já que se volta a falar da Avenida dos Aliados, aproveito para fazer um reparo que já há muito me parece relevante.

O espelho de água terá sido construído com a melhor das intenções, mas com muito pouco bom senso. Como seria previsível desde o início, ele tem antes servido a função de piscina: nos dias de calor é frequente ver crianças e jovens a refrescarem-se em cuecas naquela água imprópria para consumo.

Não é nada dignificante que este tipo de situações pitorescas sucedam naquele que é o salão nobre da nossa cidade. Não é a forma como pretendemos viver a Baixa, não é assim que nos posicionamos como um destino turístico de qualidade (que contraste com a imagem do vinho do Porto...), e não impressiona potenciais investidores estrangeiros.

Estamos sempre a tempo de corrigir o tiro e retirar dali a "piscina". Ou então assuma-se que é uma piscina, limpe-se a água e contrate-se um nadador salvador. Assim é que não.

Sem comentários: