terça-feira, 20 de outubro de 2009

Sá Carneiro com menos 0,8% passageiros em Setembro

Os aeroportos portugueses receberam mais de 2,5 milhões de passageiros durante o mês passado, número que ascende quase aos 20,7 milhões desde o início do ano. No cômputo geral, pelos aeroportos ANA, que não contemplam os aeroportos da Madeira, passaram menos 3,9% passageiros (para um total de quase 2,4 milhões de pessoas), em relação a Setembro de 2008, enquanto que o número de voos diminuiu 5,8%, para um total de 21.932 voos.

Pelo Aeroporto da Portela passaram 1.227.250 pessoas, o que correspondeu a uma quebra de 4,6%, divididos pelos 11.239 voos realizados (menos 7% em relação ao mesmo mês do ano passado, mas ainda assim mais de metade dos voos dos aeroportos portugueses). Entre Janeiro e Setembro, Lisboa recebeu quase 10,2 milhões de passageiros, e registou 100.522 movimentos.

No que diz respeito ao Aeroporto Sá Carneiro, o número de passageiros caiu ligeiramente (-0,8%) em relação a Setembro de 2008, totalizando 423.707, que se dividiram entre os 4.453 voos (uma redução de 9,7%).

O Aeroporto de Faro teve uma quebra de tráfego de passageiros igual a Lisboa (4,6%), passando pela infraestrutura algarvia 627.048 passageiros durante Setembro último, um número que ascende aos 4,17 milhões se tivermos em conta os resultados acumulados desde Janeiro.Faro registou 4.186 voos durante o mês passado, o que representou uma queda de 3,6%.

Os principais aeroportos das Regiões Autónomas (Ponta Delgada e Funchal) foram os mais penalizados no passado mês. Em Ponta Delgada, Setembro foi sinónimo de uma quebra de 5,2% no tráfego de passageiros, tendo passado pelo aeroporto açoriano 84.290 passageiros, num total de 1,193 voos (o que correspondeu a um aumento de 5,6%). Tendo em conta valores acumulados, a cidade açoriana recebeu 724.395 passageiros e 9.678 voos. No que diz respeito ao Aeroporto do Funchal, o número de passageiros caiu em Setembro 8,9%, para um total de 208.041, enquanto que o número de voos diminuiu 7%, para 1.857.

Publituris

Sem comentários: