segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Mercado holandês cresce no Aeroporto Sá Carneiro

O mês de Setembro ficou marcado pelo ligeiro decréscimo de passageiros (-0,8%), para um total de 423.707, enquanto que os movimentos de aeronaves caíram 9,7% para se fixarem em 4.451. A queda pouco acentuada foi segurada pelo sector das low costs, que prosseguem o franco crescimento no Aeroporto do Porto (15,8%), em parte devido à base da Ryanair. Os mercados que maior protagonismo conseguiram no mês passado em Pedras Rubras foram o holandês, que cresceu 58,4%, o suíço (de onde vieram mais 25,5% dos visitantes à Cidade Invicta), e o francês (responsável por um incremento de 18,9% do volume de passageiros). Apesar da França ter conseguido a medalha de bronze, foi o país que mais passageiros levou ao Porto, num total de 90.613 durante o mês de Setembro, e em termos acumulados 692.982. Sem surpresas, a companhia campeã em crescimento de tráfego de passageiros foi a Ryanair, com um crescimento de 26,6% em Setembro, em relação ao mesmo mês de 2008. A medalha de prata foi ganha pela Luxair, que transportou mais 24%, enquanto que a easyJet cresceu 22,2%. Ainda assim, a TAP ainda é a companhia que mais passageiros registou no Aeroporto Sá Carneiro em Setembro, um total de 148.738, o que representou uma descida de 11,2%. No patamar inverso, a Air Nostrum cresceu 217,1%, tendo sido responsável pela passagem de 14,728 passageiros pelas instalações do aeroporto portuense.

Publituris

Sem comentários: