segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Oferta formativa duplica no Norte

Com as novas escolas de Hotelaria e Turismo do Porto e de Santa Maria da Feira, apresentadas na sexta-feira pelo presidente do Turismo de Portugal, a oferta formativa actual passa de 340 para 700 alunos por ano.A Escola de Hotelaria e Turismo do Porto (EHTP), criada em 1968, vai ocupar as instalações históricas da Escola Secundária Artística Soares dos Reis. Trata-se de uma intervenção da autoria do arquitecto Carlos Prata, com um custo previsto de 9,5 milhões de euros, e que deverá aumentar a capacidade de 190 para 400 alunos. A nova escola será dotada de 11 salas de aula, uma sala de enologia e um bar, duas salas de informática, Centro de Novas Oportunidades, biblioteca e mediateca, ginásio, auditório com 236 lugares, self-service/cafetaria, restaurante de aplicação, hotel escola com 16 quartos, bem como vários tipos de cozinhas.

Por sua vez, o projecto da nova Escola de Hotelaria e Turismo de Santa Maria da Feira (EHTSMF), uma iniciativa conjunta do Turismo de Portugal e da autarquia, e também desenvolvido pela Parque Escolar EPE, tem um investimento de 6,5 milhões de euros. A escola, da autoria da arquitecta Felismina Topa, terá capacidade para 300 alunos, duplicando a actual oferta formativa de profissionais do sector.
A nova unidade, com abertura prevista para o ano lectivo 2010/2011, conta com duas cozinhas de produção, cozinhas individuais, anfiteatro de cozinha, self-service com capacidade para 120 pessoas, bar de aplicação, restaurante de aplicação com 50 lugares, 12 salas teóricas, um auditório, sala de informática e biblioteca.

O Turismo de Portugal gere, actualmente, 16 escolas de Hotelaria e Turismo em todo o país, com 3000 alunos em formação.

Publituris

Sem comentários: