sexta-feira, 18 de junho de 2010

Norte precisa de "melhorar qualidade percebida" da região

É necessário reforçar a promoção para "aproximar a qualidade percebida por quem nunca visitou o destino à qualidade real do mesmo". Foi uma das "grandes conclusões" do Conselho Estratégico para a Promoção Turística (CEPT) realizado ontem (16), no Hotel Douro Palace, Baião, com o objectivo de discutir a promoção externa do Porto e Norte.

França,Espanha e Holanda foram os mercados externos cuja presença mais se faz notar no Porto e Norte, sendo que o norte-americano tem revelado interesse na região e o brasileiro referenciado como mercado "emergente", a solidificação da classe média suportada pela evolução económica tornou "Portugal chique para os brasileiros", afirmou Bernardo Trindade, secretário de Estado do Turismo.

Entre os diversos hotéis, grupos económicos e organismos de animação e oferta cultural a actuar na região presentes, a maioria "nota um crescimento muito significativo em relação a 2009 e as perspectivas para o futuro são bastante animadoras", assumiram em resposta a Bernardo Trindade, secretário de Estado do Turismo, relativamente se os resultados positivos da região se têm reflectido nos agentes económicos.

Sobre o encontro, Melchior Moreira, presidente da Associação de Turismo do Porto e Norte de Portugal, fez o balanço:"Como ficou hoje provado, o contributo dos empresários na estratégia de promoção da região é crucial para o seu sucesso. A forma como os turistas percepcionam a região tem de estar em consonância com aquilo que cá encontrarão ao nível da oferta. Sempre defendi um método de trabalho baseado em parcerias e o encontro de hoje mostra que é dessa forma que olhamos para os nossos associados". SLM

Via Publituris

Sem comentários: